Home Artes na Cidade Reciclagem aproveita produtos naturais para criar aromatizador
  Vídeo Anterior Reis Magos e Tricô em Artes da Cidade
  Próximo Video Mangá: Aprendendo a desenhar com Heleno Lyra
0

Reciclagem aproveita produtos naturais para criar aromatizador

0

Aromatizador com flores e sementes de Marilzete Ribeiro.

aroamtizador 03O programa dessa semana traz a artesã Marilzete Ribeiro ensinando como fazer um pout-porri de sementes. Um objeto bonito que vai deixar aquele cantinho muito mais aconchegante e perfumado.aromatizador

Reciclagem

O reaproveitamento de materiais da natureza é a nova tendência em artesanato e de comportamento da humanidade. Aproveite e aprenda essa técnica que é muito simples.

A utilização das chamadas especiarias vem de muito longe no tempo, tanto pelo uso na alimentação quanto pelo perfume e farmacopeia, e também pelas outras utilizações que cada povo descobriu através dos tempos. O açafrão, o rosmarinho, os cominhos, a canela, o aneto, o pimentão, a pimenta, a noz-moscada, o cravo-da-índia, a mostarda e o gengibre são algumas das especiarias mais populares. Juntando o grupo das ervas aromáticas, há que mencionar o manjericão, o coriandro (os coentros), o estragão, o loureiro, a menta, o orégão, a sálvia, o alecrim e o tomilho.

Embora cada região do planeta possua as suas próprias especiarias, na Europa, a partir das Cruzadas, desenvolveu-se o consumo das variedades oriundas das regiões tropicais. Para atender a essa demanda, ampliou-se o comércio entre o Ocidente e o Oriente, através de várias rotas terrestres e marítimas, que uniam não apenas a Europa internamente (pontilhando-a de feiras), mas esta, a China (rota da seda) e a Índia (rota das especiarias).
Leia mais: Conceito de especiaria – O que é, Definição e Significado http://conceito.de/especiaria#ixzz4G7Bb58Jw