Home Espírito Santo ArteSanto: últimos preparativos para a feira
ArteSanto: últimos preparativos para a feira

ArteSanto: últimos preparativos para a feira

0
0

Até sexta (25), está aberto o prazo para os artesãos que desejarem apresentar recurso acerca do edital 021/2019. A abertura do prazo de recursos é uma das últimas etapas para a preparação da 7ª ArteSanto 2019. A feira acontece entre os dias 02 e 10 de novembro, na Praça do Papa, em Vitória e são esperados cerca de 100 mil visitantes.

Na próxima segunda (28) será publicada a lista definitiva dos empreendedores da economia solidária e do artesanato selecionados. Ao todo, 26 empreendimentos da economia solidária e 215 artesãos receberão o apoio direto da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes) para participar do evento.

No dia 29 será realizada a reunião preparatória com os expositores. Eles receberão um manual de instruções contendo diversas dicas para que tudo ocorra da melhor forma durante a realização do evento.

Para o gerente da Aderes, Rodrigo Coelho, a feira favorece a visibilidade da produção local.

“Trata-se de uma feira com excelente público e com excelentes oportunidades de negócios. Os artesãos que participam podem conquistar encomendas para o ano todo, até mesmo de fora do Estado. É uma chance para mostrarmos o que temos de melhor”, comenta.

Praça de alimentação

Na edição deste ano da ArteSanto, a Aderes contará com cinco estandes na praça de alimentação do evento. Dois deles serão destinados aos produtores de cerveja artesanal do Estado. Os outros três vão destacar a produção de bolos e doces da agroindústria familiar capixaba, além de carne de sol e pratos à base de frutos do mar.

Ao todo, 1.297 metros quadrados serão ofertados aos empreendedores, selecionados via editais. O diretor técnico da Aderes, Hugo Tofoli, destaca a importância da ação. “A praça de alimentação da ArteSanto recebe empreendedores de todo o País, e queremos mostrar o potencial da nossa culinária local desenvolvida, sobretudo, pelos trabalhadores da agroindústria. Com este tipo de ação vamos aumentar as possibilidades de comercialização dos produtos de diversos capixabas, e gerar mais renda para as famílias”, afirma.

WhatsApp chat