Home Notícias do Dia Cariacica: destruição de lixeiras custa uma praça por ano
Cariacica: destruição de lixeiras custa uma praça por ano
0

Cariacica: destruição de lixeiras custa uma praça por ano

0
0

O vandalismo às lixeiras de Cariacica causam um prejuízo de quase R$ 100 mil por ano aos cofres da prefeitura. O dinheiro daria para construir uma praça nova. De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), somente em 2015, foram danificadas ou furtadas 10 caixas (as lixeiras de rodinhas) a um custo unitário de R$ 1.500,00. Já as coletoras fixas (as papeleiras instaladas em postes) são o alvo mais freqüente: em média, 50 delas são destruídas todos os meses. Cada uma delas custa, em média, R$ 136,23.
Quem perde com isso é a população que fica à mercê de risco de contaminação de doenças e focos de mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya.
“A reposição desses materiais chega a custar, anualmente, em média, o valor de uma praça de lazer para o município. Infelizmente, muitos não encaram o bem público como um bem comum, que é algo que pertence a todos nós e requer um uso consciente para que a durabilidade desse material seja plena”, comenta o gerente de Serviços Públicos, Renato Terra. Ele informa que das 10 caixas contêineres, cinco foram incineradas. E em um período de 60 dias, só na região da Grande Itacibá, três foram furtadas e duas, quebradas.
Denúncia
O ato de destruir lixeiras se enquadra na categoria das infrações ambientais e contra o patrimônio público. Conforme o Código Penal, Lei Nº 2.848/40, a destruição do patrimônio público é crime tipificado no artigo 163, que sujeita o infrator a pena de detenção, de seis meses a três anos, multa, além da pena correspondente à violência.
Os moradores devem denunciar tal vandalismo para que os infratores sejam punidos. As denúncias podem ser efetuadas no Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes), por meio do telefone 190.

WhatsApp chat