Home Notícias do Dia Carnaval: Sesa faz campanha de prevenção às DSTs
Carnaval: Sesa faz campanha de prevenção às DSTs

Carnaval: Sesa faz campanha de prevenção às DSTs

0
0

A Secretaria de Saúde do Espírito Santo vai aderir à campanha #vamoscombinar, do Ministério da Saúde, que trabalha pela prevenção de doenças sexualmente transmissíveis como Aids, sífilis, HPV, e outras. As ações já começam nesta sexta (02) durante o início do carnaval em Vitória, com o desfile das escolas de samba.

O lema da campanha faz alusão à chamada Prevenção Combinada, uma estratégia que faz uso simultâneo de diferentes abordagens de prevenção (biomédica, comportamental e estrutural) aplicadas em níveis individuais, nos relacionamentos, no comunitário e no social, para responder a necessidades específicas de determinados segmentos populacionais e de determinadas formas de transmissão do HIV. Esse tipo de abordagem, associado ao uso de preservativos em todas as relações sexuais (oral, anal e vaginal), torna-se um método mais eficaz para a redução do risco de transmissão das DST, em especial do vírus da Aids.

A coordenadora do Programa DST Aids da Sesa, Sandra Fagundes Moreira, explicou que a prevenção combinada foi estabelecida no Brasil em 2016, por meio da política da profilaxia Pós-Exposição Sexual (PEP Sexual), uma forma de prevenção da infecção pelo HIV usando os medicamentos que fazem parte do coquetel utilizado no tratamento da Aids, para pessoas que possam ter entrado em contato com o vírus recentemente, pelo sexo sem camisinha. Esses medicamentos precisam ser tomados por um mês, sem parar, para impedir a infecção pelo vírus, sempre com orientação médica.

“Essa forma de prevenção já é usada nos casos de violência sexual e de profissionais de saúde que se acidentam com agulhas e outros objetos cortantes contaminados (biossegurança). Com a PEP, toda pessoa que teve exposição ao HIV começa a tomar os antirretrovirais imediatamente após a exposição, e toma por um mês, eliminando o risco de se infectar pelo vírus. Outra forma de prevenção é o tratamento com antirretrovirais da pessoa infectada pelo HIV para ficar com a carga viral negativa no sangue e assim não transmitir o vírus. A combinação é o uso dos medicamentos junto com o preservativo para reduzir os casos de HIV. A campanha #vamoscombinar é para lembrar sobre a importância do uso da camisinha, mesmo quando se usa os medicamentos para prevenção”, explicou Sandra.

Segundo dados do Boletim Epidemiológico DST/Aids, no Espírito Santo, entre 1985 a dezembro de 2016, foram notificados 13.215 casos de HIV/Aids, sendo 8.664 do sexo masculino (65,5%) e 4.551 do sexo feminino (34,5%), com 66% dos casos devido à transmissão sexual do HIV.

“Infelizmente muitas pessoas acabam se infectando, pois ficam no risco sexual a vida toda”, lamentou a coordenadora.

Ações

Durante o Carnaval de Vitória, que acontece sexta (02) e sábado (03), a Sesa irá trabalhar em parceria com a Prefeitura de Vitória na distribuição de preservativos e folders informativos no Sambão do Povo, na capital. A previsão é que sejam distribuídas aproximadamente 800 mil camisinhas durante os dois dias de folia.

Além da distribuição no local, os preservativos masculino e feminino são distribuídos gratuitamente em todas as unidades de saúde do Estado.