Home Mercados & Negócios Emprego em queda: crise desafia empregados e patrões
  Vídeo Anterior Mercado Imobiliário: Não tá bom, mas ainda vale a pena!
  Próximo Video Cuidado na hora de abrir uma empresa para não perder dinheiro

Emprego em queda: crise desafia empregados e patrões

0

PERDA-TOTALO IBGE calcula que cerca de dois milhões de trabalhadores estão se, emprego no Brasil: o maior número desde 2002. Para quem perde o  emprego a situação é dramática, mas também faz estragos nas empresas que, muitas vezes, ao perderem seus principais funcionários acabam também perdendo competitividade. Muitas chegam mesmo a quebrar. Na entrevista ao programa Mercados & Negócios, a diretora de relacionamento da ABRH-ES, Alessandra Zanotti, fala sobre esse momento enfrentado por trabalhadores e patrões. As empresas, muitas vezes, são obrigadas a dispensar os seus melhores funcionários. Gente treinada, que conhece a empresa e tem alta produtividade. Isso coloca em risco a própria sobrevivência do negócio. Por outro lado, tanto demitir quanto contratar geram custos que nem sempre os empresários têm condições de arcar. Por isso, Zanotti orienta que os empregadores devem ter muita cautela na hora de demitir e ter a maior transparência possível com os funcionários quanto à situação da empresa. Aos trabalhadores,  ela aconselha aprimoramento constante para permanecer sempre bem posicionado em um mercado cada vez mais competitivo e com menos vagas. Mercado de Trabalho é o tema da semana em M&N, aqui na GVNews – ATV da Grande Vitória.

WhatsApp chat