Home Notícias do Dia Exposição resgata um pouco da história de Vila Velha
Exposição resgata um pouco da história de Vila Velha
0

Exposição resgata um pouco da história de Vila Velha

0
0

Casa da Memória

Será aberta nesta terça-feira (19) a exposição permanente de de elementos históricos que simbolizam o descobrimento das terras capixabas, na Casa da Memória, na Prainha. A exposição será composta por três peças históricas. A primeira é uma réplica em nautimodelismo de 1,5 metros da Caravela Glória, que trouxe o Primeiro Capitão Donatário Vasco Fernandes Coutinho às terras capixabas, em 23 de maio de 1535. Essa obra de arte foi desenvolvida pelo artesão Humberto Cypriano, de Recife (PE). A segunda será uma estátua, medindo aproximadamente dois metros, do Capitão Donatário do Espírito Santo, Vasco Fernandes Coutinho. A Obra é do escultor capixaba Hippólito Alves. O material usado na estátua foi desenvolvido pelo próprio Hippólito Alves, com pó de minério, calcita e resina, resultando em uma imitação e resistência bem próxima ao bronze,
A terceira peça é o canhão, resgatado em uma oficina de Goiabeiras pelo Instituto Histórico e Geográfico de Vila Velha – Casa da Memória. Trata-se de um canhão imperial, peça de artilharia usada pelos portugueses a partir do Século XV e descoberto em escavações da construção da sede da Caixa Econômica Federal, na Rua Princesa Isabel, no centro de Vitória. Esse canhão pertenceu à Fortaleza Nossa Senhora do Monte do Carmo, também conhecida como Forte da Vila ou Forte do Carmo e atualmente pertence ao Exército Brasileiro.
Todas as peças históricas ficarão em exposição permanente na Casa da Memória, na Prainha.
Vila Velha completa 480 anos no próximo dia 23 de maio.

WhatsApp chat