Home Notícias do Dia Mutirão renegocia de dívidas na Serra
Mutirão renegocia de dívidas na Serra

Mutirão renegocia de dívidas na Serra

0
0

O 4º Mutirão de negociação de dívidas do Procon da Serra acontece até a próxima sexta (06), na Faculdade Doctum, em Laranjeiras. Serão atendidos cerca de três mil consumidores.

Nesta terça-feira, os atendimentos vão até às 17 horas (bancos até às 16 horas). Na quarta e na quinta-feira, será de 8 ao meio-dia e de 13 às 17 horas (bancos de 10h ao meio-dia e de 13 às 16 horas). Na sexta, será de 8 às 13 horas.

O agendamento para atendimento só é feito pela internet. É preciso acessar o site procon.serra.es.gov.br e agendar o atendimento com uma das 10 empresas participantes: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Cesan, Crefisa, Dacasa, EDP Escelsa, Claro/Net, Vivo, Agora Cred e SKY. Só será atendido quem agendar eletronicamente.

Serão negociadas dívidas vencidas há mais de 60 dias, com exceção da Claro, que vai negociar dívidas com mais de 45 dias. Os descontos em juros e multas podem chegar a até 100% e os parcelamentos, em até 96 vezes. Não será preciso confirmar o agendamento pessoalmente, tudo será feito de forma eletrônica.

No dia marcado, basta comparecer à Faculdade Doctum, onde será realizado o mutirão, com o comprovante de agendamento – que será gerado pelo sistema – e os documentos pessoais.

Como fazer o agendamento?

Para realizar o agendamento, será preciso informar obrigatoriamente o número do CPF, e, opcionalmente, e-mail e telefone. Cada consumidor só poderá agendar um horário para cada uma das empresas participantes.

No dia do atendimento, deverá apresentar o CPF usado para o agendamento, além de comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone do último mês). Só podem participar moradores da Serra.

O consumidor que não puder comparecer poderá enviar um representante com procuração com firma reconhecida.

Feirões de renegociação são uma ótima opção para combater endividamento

Dívidas negociadas

Banco do Brasil: operações de pessoas físicas vencidas há mais de 60 dias. Não negocia: dívidas rurais, dívidas de pessoa jurídica, financiamento imobiliário e de veículo, FIES, dívidas cedidas à ativos S.A. e dívidas já renegociadas recentemente.

Caixa Econômica: cartão de crédito, crédito consignado, CDC, cheque especial, crédito pessoal, construcard, microcrédito e contratos de renegociação. Não negocia: contratos originados por pessoa jurídica, financiamento habitacional, crédito rural e financiamento de veículos. Em alguns casos, os descontos para pagamento à vista podem chegar a 90% do valor da dívida e o parcelamento pode chegar a 96 meses.

EDP Escelsa: dívidas de consumidores residenciais, rurais, comerciais e industriais.

Claro, Net e Embratel: TV, internet e Net Fone, para os produtos Claro TV, Fixo e móvel. Negociação de dívidas vencidas há pelo menos 45 dias. Para alguns casos o desconto pode chegar até 65% na negociação

Vivo: não negocia dívidas de pessoa jurídica e com parcelamento em andamento.

AgoraCred: Descontos de até 100% em juros e multas e parcelamento em até 24 vezes.

SKY: sem especificação

Cesan: condições especiais para clientes com quatro ou mais dívidas em atraso. Descontos de até 100% nos juros e multas, além do parcelamento do débito em até 48 prestações sem correções futuras. Para garantir os descontos, o cliente deverá dar entrada mínima de 5% do valor do débito.

Crefisa: sem especificação

Dacasa: dívidas com mais de 60 dias de atraso