Home Espírito Santo Negócios ligados à cadeia produtiva da indústria madeireira e moveleira contam com recursos do Bandes
Negócios ligados à cadeia produtiva da indústria madeireira e moveleira contam com recursos do Bandes

Negócios ligados à cadeia produtiva da indústria madeireira e moveleira contam com recursos do Bandes

0
0

A indústria madeireira é o ramo da indústria voltado ao processamento da madeira e sua cadeia produtiva inclui desde o plantio, extração, corte, armazenamento, tratamento bioquímico, modelagem e finalização. Os empresários capixabas interessados em investir no setor possuem linhas de crédito disponíveis no Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

O mercado deste segmento econômico é amplo. O produto final desta atividade tem impacto e interface com outros segmentos de grande importância na economia capixaba, como a construção civil, a fabricação de móveis ou a obtenção de celulose para a fabricação do papel e outros derivados da madeira. Desta forma, o segmento possui grande potencial de crescimento com a abertura, modernização e expansão de negócios variados.

Em sua trajetória, a indústria moveleira tem um histórico de baixo teor tecnológico justamente por ser uma manufatura tradicional, ou seja, tem baixo risco de ficar obsoleta. Entretanto, com a modernização da produção aliada à competição acirrada no mercado, o segmento moveleiro passa por importantes transformações tecnológicas focadas em aumento de produtividade, diversidade de produtos e integração software com máquinas através de conceitos da indústria 4.0.

São muitos os benefícios da Indústria 4.0 para o setor moveleiro. Afinal, as tecnologias permitem, entre outras coisas, aumentar a produtividade e reduzir desperdícios produtivos.

Neste sentido, a aplicação de tecnologias “inteligentes”, com recursos de automação de processos que aumentam a produtividade e reduzem custos e dispêndio de tempo na fabricação, já é uma realidade na indústria seriada de móveis. As linhas de crédito atuam diretamente nesta mudança de patamar da produção, possibilitando que o empresário tenha acesso a recursos com prazos e condições adequadas para modernização.

Um bom exemplo está na produção de mobiliário planejado e sob medida, a utilização de equipamentos inspirados no conceito de Indústria 4.0 também começa a ganhar terreno, mas o desenvolvimento de uma marcenaria eficiente é ainda um desafio para as pequenas empresas. O Bandes considera que a atuação próxima ao segmento possibilita modernizar a marcenaria, por isso disponibiliza linhas de crédito para os investimentos, sobretudo em equipamentos de com tecnologia computadorizada, e possivelmente contratação de funcionários capacitados.

A atuação do Bandes em negócios ligados à indústria madeireira e moveleira é fruto do novo modelo de atendimento comercial do banco, adotado no planejamento estratégico da instituição em 2019. O setor madeireiro é composto pelas indústrias que realizam o primeiro beneficiamento das toras provenientes da produção florestal, caracteriza-se em sua maioria como serrarias e em alguns casos indústrias de compensados e laminados, sendo as duas últimas voltadas à fabricação de produtos destinados ao mercado externo e interno.

A priorização do atendimento setorial está articulada aos diagnósticos levantados pelo Projeto Indústria 2035, estudo realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies), que diagnosticou status e tendências de diversos segmentos da economia.

tags:
WhatsApp chat