Home Vitória Pesquisa do Procon de Vitória encontra variação de mais de 400% no preço dos remédios
Pesquisa do Procon de Vitória encontra variação de mais de 400% no preço dos remédios

Pesquisa do Procon de Vitória encontra variação de mais de 400% no preço dos remédios

0

O Procon Vitória percorreu nove farmácias e drogarias instaladas em diferentes regiões do município e constatou que a variação de preço de um mesmo remédio pode ultrapassar a casa dos 430%, como foi identificado na Dipirona Monoidrata (genérico, 500mg/ml, gotas,10ml). Enquanto uma farmácia vendia o produto por R$1,99, a outra comercializava por R$10,58.

O medicamento Glibenclamida (Genérico – 5mg/30 comprimidos) apresentou a segunda maior variação de preço, chegando a ser vendido por R$ 1,44 em uma farmácia e, na outra, R$ 5,80, o que representa uma diferença no preço de 302,78%. O preço do paracetamol genérico (200MG/ML, gotas 15ml) também apresentou uma grande variação (294%), sendo vendido por R$ 2,50 em uma farmácia e, na outra, por R$ 9,85.

Ranking

Entre os medicamentos de marcas conhecidas a variação é menor, quando comparada a diferença de preços entre os genéricos. Mas não é pequena. O Tylenol (200MG/ML, gotas 15ml), por exemplo, estava sendo vendido por R$ 18,80 em um estabelecimento e, na outra farmácia, por R$ 30,40, o que representa uma diferença de 61,70%.

A pesquisa do Procon Vitória traz também um ranking das farmácias e drogarias com o maior número de itens com menor preço. Dos noves estabelecimentos visitados, um deles concentra 26 itens com o menor preço; outra farmácia com dez remédios da lista com preços mais baixos, enquanto que nas demais a quantidade de itens com os melhores valores varia entre 8 a apenas 1 item.

Esta segunda pesquisa traz o levantamento de 66 medicamentos, sendo 33 medicamentos éticos ou similares e seus respectivos medicamentos genéricos. O levantamento apresenta uma análise comparativa de preços dos remédios éticos ou similares e seus respectivos genéricos praticados em nove farmácias, localizadas em diferentes regiões administrativas do município de Vitória.

A equipe de coleta de dados do Procon Vitória realizou o levantamento dos preços em lojas físicas, nos dias 16 e 17 deste mês. Agentes do Procon Vitória Vivian Santana e Fábio Lima alertam que os preços informados referem-se aos encontrados no período em que foi realizada a pesquisa, ou seja, estão sujeitos a alterações conforme a data da compra, inclusive, por condições especiais ofertadas pelos estabelecimentos como descontos, promoções, entre outros. O Procon Vitória destaca que os resultados do levantamento não podem ser utilizados para fins publicitários.

Referência

A gerente do Procon de Vitória Herica Correa Souza faz questão de reforça a importância dos consumidores adotarem a prática de fazer um levantamento de preços, antes de efetuar qualquer compra.

 “As pesquisas do Procon devem ser usadas como referência às compras. Com base nas informações contidas nelas, o consumidor pode negociar descontos junto aos fornecedores ou comprar alguns itens em um estabelecimento e outro em outra farmácia, o que pode representar uma grande redução nos gastos e, em alguns casos, evitar o superendividamento da família”, adverte.

O secretário de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Bruno Toledo, reforça que atuar para combater o superendividamento das famílias é uma das missões do Procon de Vitória. Inclusive, Toledo fez questão de adiantar que, até o final do ano, será implantado no órgão um núcleo específico de apoio ao(a) cidadão(ã)/consumidor(a) superendividado(a). “Precisamos atuar para que as famílias recuperem sua dignidade e seu direito à cidadania plena”, enfatizou.

Veja aqui a lista de medicamentos pesquisados.

WhatsApp chat