Home Mercados & Negócios Políticas da década de 1970, não funcionam no Brasil de hoje, alerta presidente da Fucape Business School

Políticas da década de 1970, não funcionam no Brasil de hoje, alerta presidente da Fucape Business School

0
0

A economia brasileira parou de crescer. A inflação ameaça o rendimento das famílias. As políticas adotadas pelo governo são velhas e não produzem resultados. Diante desse quadro e do baixo investimento, especialmente em educação, o Brasil perde competitividade com os demais países, especialmente do BRICs, formado por Brasil, Rússia, India, China e África do Sul. De acordo com Arilton Teixeira, presidente da Fucape Business School, em Vitória, é preciso parar de despejar bilhões em recursos nas universidades e redirecionar esse dinheiro para uma formação melhor desde as creches até o ensino médio, para começarmos a formar brasileiros que saibam raciocinar e que busquem as inovações que o país precisa para competir. Ele argumenta que não adianta gastar dinheiro nas universidades públicas para formar uma elite que já tem muitos recursos, sem garantir que todos tenham as mesmas oportunidades com um ensino de alta qualidade. O presidente da Fucape critica a forma como o governo administra a economia do país e revela que todas as medidas tomadas para conter a inflação são velhas, da década de 1970, e não produzem resultados. Segurar tarifas só vai agravar o problema, diz ele.