Home Notícias do Dia Prédio restaurado da Escola Fafi é entregue
Prédio restaurado da Escola Fafi é entregue

Prédio restaurado da Escola Fafi é entregue

0
0

Espaço histórico das manifestações culturais e do fomento da produção artística, o prédio da Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música Fafi, localizado na avenida Jerônimo Monteiro, será entregue restaurado e reformado neste sábado (30), às 10 horas.

A obra contemplou o restauro da fachada, do telhado, do piso e das pinturas parietais da edificação, além da revisão elétrica e do sistema de climatização do prédio.

A edificação também passou por adequações referentes às normas técnicas de acessibilidade, com a construção de rampa, adequação dos banheiros, construção da calçada cidadã e instalação de um elevador, tornando o espaço acessível para um número maior de pessoas, inclusive para pessoas com deficiências ou mobilidade reduzida.

Após a entrega do prédio, será realizado o processo de transferência dos equipamentos e mobiliários, que estão na sede temporária da Fafi, localizada na praça Ubaldo Ramalhete, iniciando as atividades do segundo semestre da escola.

“A Fafi está ficando linda. Muitos detalhes históricos foram mantidos na restauração do prédio. Foi instalado um elevador no prédio, tornando o local mais acessível. As salas também receberam aparelhos de ar-condicionado para maior conforto dos professores e alunos. Mais uma obra entregue à comunidade para receber a população de uma forma digna. É uma obra muito importante que ajuda na revitalização do Centro Histórico de Vitória, que é um desejo de todos nós”, disse o prefeito de Vitória, Luciano Rezende.

“A Fafi é mais que uma escola, mais que um projeto educativo. É um local em que se produzem inteligência, talento, criatividade, tudo isso pontuado por aquilo que chamamos liberdade, dedicação e vida. Esses são os ingredientes que transformaram a Fafi em uma casa, com escopo familiar, de portas abertas àqueles que, por razões distintas, fazem da arte seu meio de vida. A Dança, a Música, o Teatro, substantivos maiúsculos exercidos com o amor superlativo”, afirmou o secretário municipal de cultura, Francisco Grijó.

Durante o processo de prospecção, os restauradores encontraram duas pinturas parietais – uma das mais antigas formas de decoração e muito usada por artistas até o século XX – nas salas de dança, que foram recuperadas e estendidas para todo o ambiente.

Além das pinturas, também aconteceu o restauro de um grande lambri europeu, um revestimento interno de parede de madeira trabalhada, cujas peças são encaixadas sem utilização de pregos.

Para marcar a entrega, a partir das 9 horas, haverá uma série de atividades culturais protagonizadas pelos alunos da instituição. Serão 14 coreografias – de balé, dança contemporânea e estilo livre –, um pocket show da Orquestra de Cordas Fafi e apresentação do solo de dança “Cisne Negro”.