Home Notícias do Dia Ônibus panorâmico de Vitória começa a circular
Ônibus panorâmico de Vitória começa a circular

Ônibus panorâmico de Vitória começa a circular

0
0

O primeiro dia de operação do ônibus panorâmico de turismo, o Capixaba Bus Tour, neste foi um sucesso de público. Todos os 49 lugares do ônibus foram adquiridos para realizar o passeio pelos principais atrativos de Vitória e, também, de Vila Velha.

O local de embarque e desembarque é o estacionamento do quiosque 1 da praia de Camburi, na Capital. As saídas ocorrem sempre às 9 horas de quartas, sábados, domingos e feriados.

Para o passeio, a empresa prestadora do serviço, a Capixaba Turismo, sugere que o morador ou visitante leve protetor solar, bonés, chapéu ou viseira, uma vez que o ônibus possui teto aberto, e use roupas leves e confortáveis. Trajes de banho não são recomendados. Em caso de tempo chuvoso, será utilizada a cobertura expansível do veículo e distribuída capas de chuva.

O roteiro conta com quatro pontos de parada: Basílica de Santo Antônio, Catedral Metropolitana de Vitória, Museu Vale e Farol de Santa Luzia. Nestes locais, o tempo de descida e retorno ao ônibus será entre 20 a 40 minutos, dependendo do atrativo. A parada no Hortomercado será de cerca de 1h30 para o período de almoço.

O passeio inicia-se na praia de Camburi e segue com um tour panorâmico pela orla, passando pelas principais avenidas e conhecendo os atrativos da Capital. A primeira parada é na Basílica de Santo Antônio, para visitação da igreja e visualização da bela paisagem do contorno da Ilha de Vitória.

De lá, o tour continua em direção ao Museu Vale, em Vila Velha, para uma parada e conhecimento da história da colonização e visualização da maior maquete ferroviária do Brasil. O passeio segue depois para o Centro Histórico de Vitória, com outra parada prevista na Cidade Alta, na Catedral Metropolitana e monumentos do entorno.

O passeio continua com um tour panorâmico pela Praça Costa Pereira, onde será possível ver os teatros Carlos Gomes e Glória, seguindo pela Beira-Mar com vista para o Morro do Penedo e Forte São João, até chegar ao Hortomercado, com parada para almoço.

No Hortomercado, há opções de restaurantes à la carte, com pratos típicos e self-service. O local também oferece diversas opções de lojas para souvenir (cachaça, café, cerveja artesanal e artesanato).

Após o período de almoço, o tour segue para Vila Velha, atravessando a 3ª Ponte, de onde é possível ter uma vista deslumbrante de toda a baía de Vitória, suas belezas naturais e o imponente Convento da Penha.

Em Vila Velha, o ônibus passa pelas principais avenidas da cidade, berço da colonização do Espírito Santo. O tour também inclui passeio pelas praias da cidade, como a de Itaparica, de Itapoã, da Costa até a praia da Sereia. De lá, segue até o Farol de Santa Luzia, onde ocorre mais uma parada.

O Farol de Santa Luzia é um importante atrativo turístico com uma vista incrível para a entrada da baía de Vitória. De lá, o passeio continua pelo Centro, Praça Duque de Caxias, acessando a 3ª ponte para retorno a Vitória e seguindo para a Curva da Jurema e Praia do Canto, chegando ao ponto de partida.

Para o presidente da Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória (CDV), Leonardo Krohling, a Capital tem colecionado novos produtos turísticos, e o ônibus panorâmico é mais uma e importante ação do desenvolvimento do setor para a cidade e também para a Região Metropolitana.

“A gente entende que o turismo deve ser feito somando forças entre as cidades. Somente assim teremos um produto mais atrativo, no qual os visitantes poderão conhecer os pontos turísticos com guia credenciado, num veículo com conforto e, dessa forma, possam falar bem, divulgar a cidade e voltar sempre, trazendo mais pessoas para conhecer a nossa capital, que possui belezas inigualáveis”, enfatizou Krohling.

Decreto

Decreto publicado no ano passado permite que empresas que tiverem interesse em operar o serviço possam dar entrada no pedido na Prefeitura de Vitória. O serviço só pode ser prestado por transportadoras turísticas e por agências de turismo com frotas próprias, devidamente cadastradas no Ministério do Turismo.

No ano passado, outra empresa de transporte turístico também solicitou cadastramento, mas ainda não começou a operar porque o ônibus, que é montado de forma diferenciada para cada cidade, está sendo fabricado.

Os ônibus turísticos devem ser fabricados ou adaptados com características de acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Os ônibus que já estão operando seguem o modelo de acessibilidade da resolução nº 402 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).