(27) 988820559 gvnewstv@gmail.com

Táxis de Vitória são aferidos para evitar fraudes contra passageiros

jun 16, 2015

taxi

Até o dia 25 de junho o Instituto de Pesos e Medidas do Espírito Santo (Ipem-ES) realiza a verificação dos taxímetros instalados nos veículos licenciados na cidade de Vitória. A verificação anual afere os instrumentos utilizados e tenta eliminar os riscos de fraude. Durante a verificação, os instrumentos que se encontram em desacordo com as exigências legais são reprovados e encaminhados para reparo junto às oficinas autorizadas pelo Inmetro. Quaisquer dúvidas ou não conformidade observadas nos taxímetros, que possam resultar em prejuízos para o consumidor, são passíveis de multa para o detentor do taxímetro.

A agente fiscal do Ipem responsável pela verificação de taxímetros, Isabela Bissa, orienta como o consumidor pode identificar se o taxímetro foi verificado pelo Ipem: “É preciso observar a existência e integridade do lacre amarelo que impede o acesso à regulagem do aparelho, e do selo do Inmetro com a validade da verificação (verificado até 2016). Caso o lacre esteja rompido, o consumidor não deve aceitar a corrida, pois o aparelho pode apresentar medição incorreta”.

O taxista deve agendar previamente a verificação do seu taxímetro. Para isso, pode se dirigir à sede do Ipem (Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, 1595, Ilha de Monte Belo, Vitória) ou agendar via internet, no endereço eletrônico: servicos.inmetro.rs.gov.br/agendamento. Ao agendar, o taxista deve imprimir a GRU e efetuar o pagamento no Banco do Brasil.

No dia da verificação, deverão ser apresentados os seguintes documentos: a) Autorização da Prefeitura de Vitória; b) Certificado de Verificação do Taxímetro, ano anterior; c) Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV); d) Carteira Nacional de Habilitação do Motorista (CNH); e) Comprovante de Pagamento da GRU referente ao serviço de verificação.

Paulo Renato Rodrigues, diretor-Geral do Ipem-ES, informa que o objetivo das verificações é assegurar o correto funcionamento do instrumento e, assim, proteger a relação comercial estabelecida entre passageiro e taxista. Além disso, ressalta a importância da comunicação entre a sociedade e o Instituto, através da Ouvidoria do Ipem, na qual a população pode realizar denúncias relacionadas ao uso dos taxímetros.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (27) 3636-6085, e o consumidor que notar irregularidades ou tiver dúvidas, pode fazer a denúncia na Ouvidoria do Ipem, pelo telefone 08000 391112 ou e-mail: ouvidoria@ipem.es.gov.br