Home Notícias do Dia Trânsito mais seguro: “Maio Amarelo” tem reforço de ações educativas
Trânsito mais seguro: “Maio Amarelo” tem reforço de ações educativas

Trânsito mais seguro: “Maio Amarelo” tem reforço de ações educativas

0
0

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) vai intensificar a programação de ações educativas com o objetivo de alertar a população capixaba para a necessidade da redução do número de acidentes e a adoção de comportamentos seguros no trânsito durante todo o mês de maio.
O Movimento ‘Maio Amarelo’ é um alerta para mostrar a dimensão e o impacto que os acidentes têm no mundo e no Brasil. O tema deste ano, “Nós somos o trânsito”, definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância de ter atitudes responsáveis no trânsito e como as escolhas individuais afetam o dia a dia de todos os cidadãos, chamando a sociedade para se envolver nas ações e estimular todos os condutores, pedestres e passageiros a optarem por um trânsito mais seguro.
A equipe de educação de trânsito do Detran-ES promoverá ações de conscientização para um trânsito mais seguro na Grande Vitória e em municípios do interior do Estado, como palestras em instituições de ensino e empresas, abordagens educativas nas ruas e em bares, atividades em shopping, seminários e uma simulação de acidente.
Década
Em Março de 2010, a Assembleia-Geral das Nações Unidas editou uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. E aproximadamente 50 milhões de pessoas que sobreviveram a acidentes tiveram sequelas.
Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos. Atualmente, esses acidentes representam um custo de US$ 518 bilhões por ano ou um percentual entre 1% e 3% do Produto Interno Bruto (PIB) de cada país.
No Brasil, começou em 2014 o “Movimento Maio Amarelo”, que luta pela redução de acidentes de trânsito.
Abordagem
As ações educativas da programação do ‘Maio Amarelo’ começaram com uma abordagem a condutores, pedestres e ciclistas em frente à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), na tarde desta quarta (02).
Durante a ação, condutores parados no semáforo e pedestres atravessando a faixa foram abordados e receberam orientações sobre comportamento mais seguro no trânsito. Uma equipe de artistas do grupo teatral ONG Avalanche também fez abordagens lúdicas alertando os pedestres que desrespeitavam as normas de trânsito. A ação também contou com o apoio do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran).
A estudante Victória Agrizani levou uma “bronca” porque atravessou a faixa de pedestres correndo e lendo mensagem no telefone celular. Mesmo assim, ela não se incomodou e gostou da abordagem. “É uma forma diferente e alegre de chamar a nossa atenção e alertar para os perigos dos descuidos no dia a dia. Acabei correndo para não perder a hora e não prestei atenção na rua, mas vou ficar mais atenta”, disse.
“É muito importante e me fez pensar que muitas vezes a gente não observa a relação com os outros no trânsito. A ação me levou a refletir no meu comportamento no trânsito” disse a estudante Mariana Souza.
A diretoria técnica do Detran-ES, Édina de Almeida Poleto, destacou a importância dessas ações para conscientizar a população e promover um trânsito mais seguro. “Começamos hoje a programação do Maio Amarelo com essa ação de abordagem na rua com os condutores e pedestres capixabas em frente à nossa sede, aqui em Vitória. Teremos várias ações educativas na Grande Vitória e no interior até o fim do mês com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a necessidade de ter atitudes responsáveis no trânsito. Queremos chamar a sociedade para se envolver nas ações e estimular os condutores, pedestres e passageiros a optarem por um trânsito mais seguro”, destacou.
Durante todo o mês, o Detran-ES vai desenvolver atividades na Grande Vitória e em municípios do interior do Estado, como palestras em instituições de ensino e empresas, abordagem educativas nas ruas e em bares, atividades em shopping e seminários.
O ‘Maio Amarelo’ é um alerta para mostrar a dimensão e o impacto que os acidentes têm no mundo e no Brasil. O tema deste ano definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) é “Nós somos o trânsito”.
2017
No ano passado, a equipe de educação de trânsito do Detran|ES realizou 74 ações educativas durante o ‘Maio Amarelo’ em todo o Estado, atingindo mais de 38 mil pessoas com abordagens e palestras educativas.
Além disso, foram realizadas ações de abordagem e interação com estandes e ações nos maiores shoppings da Grande Vitória e em municípios do interior, atendendo cerca de 7 mil pessoas e mais de 6.800 ciclistas participaram de passeios ciclísticos por um trânsito mais seguro para todos.
O III Simulado Nacional de Atendimento a Múltiplas Vítimas de Trauma no Trânsito levou carros e motos amassados para a pista, vítimas presas às ferragens, via interditada, ambulâncias e resgate de feridos para alertar cerca de 800 pessoas abordadas diretamente durante ação.