(27) 988820559 gvnewstv@gmail.com

Trindade e Martin Vaz: Vitória ganha nova unidade de conservação marinha

mar 20, 2018

O Diário Oficial da União publicou o decreto que cria a Unidade de Proteção Ambiental e o Monumento Natural do Arquipélago de Trindade e Martin Vaz e Monte Colúmbia no litoral do Espírito Santo. O arquipélago faz parte da capital capixaba, Vitória.

O governo também criou a área de proteção marinha do arquipélago de São Pedro e São Paulo em Pernambuco

De acordo com o ministro do meio ambiente Sarney Filho, com a criação das unidades o Brasil amplia de 1,5% para 25% a para 25% a sua área protegida na zona costeira marinha, ultrapassando os 17% recomendados pelas metas de aichi, um conjunto de ações que devem ser assumidas para deter a perda de biodiversidade planetária. “é um salto fundamental para protegermos os nossos oceanos dos riscos da degradação”, disse.

Arquipélago

Trindade e Martim Vaz é um arquipélago brasileiro localizado no Oceano Atlântico, a cerca de 1 200 km a leste da sede do município de Vitória. De todas as ilhas desse arquipélago, apenas Trindade é habitada e a única localidade existente na ilha é o Posto Oceanográfico da Ilha da Trindade (POIT), uma guarnição militar mantida pela Marinha do Brasil.

O POIT é o local habitado mais remoto do Brasil, estando situado a 1 025 km de distância da localidade mais próxima, que é a guarnição mantida pela Marinha na Ilha Santa Bárbara, no Arquipélago dos Abrolhos. Já as Ilhas Martim Vaz, são conhecidas por ser o ponto extremo leste de todo o território brasileiro, sendo juntamente com o Arquipélago de São Pedro e São Paulo, um dos dois primeiros locais onde acontecem o nascer e o pôr do sol no Brasil.

O arquipélago é constituído por duas ilhas principais (Trindade e Martim Vaz), separadas por 48 quilômetros, que somam uma área total de 10,4 km². As ilhas são consideradas, pelos navegadores, como um imenso paredão no meio do Atlântico.