Home Notícias do Dia Casos de dengue sobem 50% em janeiro e Brasil vai à guerra contra o mosquito neste sábado
Casos de dengue sobem 50% em janeiro e Brasil vai à guerra contra o mosquito neste sábado

Casos de dengue sobem 50% em janeiro e Brasil vai à guerra contra o mosquito neste sábado

0

O Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao aedes aegypti acontece neste sábado (13). O objetivo é mobilizar as famílias para a limpeza dos quintais e o combate ao mosquito que transmite a dengue, a zika e a chikungunya. Três milhões de famílias deverão ser visitadas em suas casas, em 350 municípios. Cerca de 4 milhões de panfletos informativos serão distribuídos durante a ação.

As Forças Armadas deslocaram cerca de 220 mil militares para a ação. Eles vão acompanhar os agentes de saúde no trabalho de conscientização, casa a casa. Foram usados dois critérios para definir as cidades que serão visitadas na campanha; municípios com a presença de unidades militares e os com maior incidência do mosquito aedes aegypit, conforme dados do Ministério da Saúde.

“A campanha é de mobilização, de convocar a população a fazer parte do esforço de combate ao mosquito e essa mobilização terá que ser feita de casa em casa. Nosso propósito é alcançar pelo menos 3 milhões de domicílios e distribuir pelo menos 4 milhões de folhetos neste sábado”, acrescentou Aldo Rebelo.

Em janeiro os casos de dengue subiram quase 50% no país.

Emergência internacional

No início do mês, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou emergência internacional de saúde pública em virtude do aumento de casos de microcefalia associados à contaminação pelo vírus Zika. A situação é preocupante, segundo a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, por causa  de fatores como a ausência de imunidade entre a população, a falta de vacinas, tratamentos específicos e testes de diagnóstico rápidom além da possibilidade de disseminação global da doença.

Transmitido pelo Aedes aegypiti, o mesmo transmissor da dengue e da chikungunya, o Zika provoca dor de cabeça, febre baixa, dores leves nas articulações, manchas vermelhas na pele, coceira e vermelhidão nos olhos. Outros sintomas menos frequentes são inchaço no corpo, dor de garganta, tosse e vômitos. A grande preocupação, no entanto, é a relação entre o Zika e a ocorrência de microcefalia.

Espírito Santo

Foram notificados 10.718 casos de dengue entre 03 de janeiro e 06 de fevereiro de 2016 no Espírito Santo. Destes, 28 são suspeitos da forma grave e 01 óbito em investigação. No Espírito Santo  mais de 2.400 pessoas vão participar do mutirão em 11 municípios para conscientizar a população sobre a importância de acabar com focos e possíveis criadouros do aedes aegypti, a fim de controlar as epidemias de dengue e de zika.  Vão participar integrantes das forças armadas, do corpo de bombeiros, agentes de saúde e agentes de endemias. Para ajudar na campanha serão distribuídos  380 mil folhetos com indicações de como eliminar o aedes.

Entre as cidades que receberão a visita dos agentes estão Vitória, Vila Velha, Cariacica, Serra, Viana e Guarapari.  Clubes, rodoviárias e o aeroporto de vitória também estão incluídos no trabalho.

WhatsApp chat