Home GVNews HPV: Segunda dose da vacina a partir de setembro
HPV: Segunda dose da vacina a partir de setembro

HPV: Segunda dose da vacina a partir de setembro

0

vacA segunda dose da vacina contra o HPV começa a ser ministrada no próximo dia  01 de   setembro. Aqui no estado a expectativa é vacinar 69.340 meninas com idades entre 11 e 14 anos, o equivalente a 80% do público-alvo de 86.675 adolescentes . A vacina vai estar disponível nas escolas e na rede de saúde.
vac 111A maioria dos municípios capixabas aderiu à estratégia de vacinação nas escolas, o que ajudará ajudará a garantir que as meninas que já receberam a primeira dose da vacina também recebam a segunda, o que é fundamental para garantir a proteção da adolescente até o recebimento da terceira dose daqui a cinco anos.
Em caso de dúvida, os pais ou adolescentes devem procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência para se informar.

A vacinação contra HPV faz parte do calendário nacional de vacinação e está disponível nas unidades básicas de

vc0202020saúde para as adolescentes incluídas na faixa etária preconizada. Os pais que não quiserem que as meninas sejam vacinadas nas escolas terão de assinar um termo de recusa de vacinação, que é padrão e distribuído antes da ação na escola. Já nas unidades de saúde não há necessidade de autorização ou de acompanhamento dos pais ou responsáveis.

Até o último mês de julho, 79.895 meninas receberam a primeira dose da vacina contra HPV no Espírito Santo. Desse total, 34 delas apresentaram eventos adversos sem gravidade (efeitos colaterais leves como dor de cabeça, mal-estar, náusea e desmaio).

O HPV pode acometer tanto mulheres quanto homens, contribuindo para o surgimento de câncer de vagina, ânus, vulva, pênis, além de causar verrugas genitais. A vacinação das adolescentes antes do início da vida sexual tem melhor resposta na proteção e ajuda a quebrar a cadeia de transmissão, já que aproximadamente 95% dos casos da doença são transmitidos por esse meio.

Existem mais de 150 tipos de HPV (papilomavírus humano). A vacina oferecida gratuitamente pelo SUS protege contra quatro tipos – dois deles são responsáveis por verrugas genitais e os outros dois relacionados ao aparecimento de aproximadamente 70% dos casos de câncer de colo de útero gerados pelo vírus.

 

WhatsApp chat